5 de junho de 2022

Com Borges - Alberto Manguel

 

Olá meus queridos amigos e amigas, tudo bem com vocês? Já estou me adiantando na leitura do mês de junho, dessa vez escolhi um livro curto, do escritor argentino Alberto Manguel. Muito bom, gostei bastante.

Tema: Um livro sem a letra “A” no título

Mês: Junho

Título: Com Borges

Autor do livro: Alberto Manguel

Editora: Âyiné

Nº de páginas: 71

Quando vi a capa do livro, o que mais chamou a minha atenção foi...

Que o título não está na capa e sim na contracapa.

O livro é sobre...

O escritor Jorge Luís Borges convidou o autor do livro, Alberto Manguel que trabalhava numa livraria para ler para ele em sua casa.

Eu escolhi esse livro porque...

Faz parte do Desafio Entre Estantes.

A leitura foi...

Interessante e cheia de curiosidades.

O trecho do livro que merece destaque:

“Para um homem que falava do universo como de uma biblioteca e que confessou ter imaginado o Paraíso, o tamanho de sua biblioteca o decepcionava, talvez por ele saber que, assim como dissera em outro poema, a linguagem no máximo consegue ‘simular a sabedoria’. As visitas esperavam um lugar abarrotado de livros, com prateleiras quase explodindo, pilhas de publicações bloqueando as portas e se protuberando de todos os espaços, uma selva de tinta e papel. Em vez disso, encontravam um apartamento onde os livros ocupavam alguns cantos discretos. Quando o jovem Mario Vargas Llosa visitou Borges em algum momento em meados dos anos 1950, fez uma observação sobre o ambiente de mobília simples e perguntou por que o mestre não morava num lugar mais grandioso, mais luxuoso. Borges se ofendeu imensamente com a observação. ‘Talvez as coisas sejam assim em Lima’, disse para o indiscreto peruano, ‘mas aqui em Buenos Aires não gostamos de ostentar’”. – págs. 26/27.

“Dois pesadelos assombraram Borges durante toda a sua vida:  os espelhos e o labirinto. O labirinto, descoberto pela primeira vez durante sua infância numa gravura em chapa de cobre das Sete Maravilhas do Mundo, fez com que temesse ‘uma casa sem portas’ em cujo centro havia um monstro à sua espera; os espelhos o aterrorizavam devido à suspeita de que um dia mostrariam o reflexo de um rosto que não era o seu, ou pior ainda: um reflexo sem rosto. Hector Biancinotti lembra que, quando Borges estava acamado e doente em Genebra, pouco antes de sua morte, pediu a Marguerite Youcenar, que tinha ido visitá-lo, para encontrar o apartamento que sua família ocupara durante sua estadia na Suíça e voltar para descrever como estava. Ela obedeceu, mas deixou de incluir um detalhe: agora quando alguém entrava no apartamento, um espelho gigante de moldura dourada refletia o visitante dos pés à cabeça. Yourcenar poupou Borges dessa intrusão atormentadora.” – pág. 53.

A nota que eu dou para o livro:

Nota:

4 – Gostei muito


Sobre o autor: Alberto Manguel nasceu em Buenos Aires em 1948 e viveu no Taiti e no Canadá. Atualmente vive em Buenos Aires, onde é diretor da Biblioteca Nacional.

O escritor argentino Jorge Luís Borges, retratado no livro, em sua biblioteca.
 

29 de maio de 2022

Catalina - O Maiô das Misses

 




Olá queridos amigos e amigas, houve um tempo em que as nossas misses usavam um famoso maiô d marca Catalina para desfilarem. Escolhi quatro misses Brasil para matarmos a saudade, mas com uma rápida pesquisa na internet tem muito mais.

Países que Falam Português

 Olá meus queridos amigos e amigas, tudo bem com vocês? Hoje vamos conhecer os países que falam o mesmo idioma que o nosso: o Português. Ao todo são nove países e juntos totalizam 280 milhões de falantes. O português é também conhecida como a língua romântica ou neolatina, sendo a quinta língua mais falada do mundo, e faz parte da línguas oficiais da União Europeia, Mercosul, União das Nações Sul Americanas e União Africana. O idioma tem sua história ligada ao galego-português, língua falada na Idade Média, nos territórios da Galiza e em Portugal. Posteriormente, essa língua passou a ser falada em outras partes do mundo, e isso se deve ao fato de que essas partes foram conquistadas e sofreram influência da colonização.

    

                                                                     BRASIL                                                              

 


                                                            PORTUGAL


                                                          ANGOLA


                                                     MOÇAMBIQUE

                                                     

                                                            CABO VERDE

                                                         GUINÉ-BISSAU
                                                  GUINÉ EQUATORIAL
                                             SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

                                                   TIMOR LESTE



17 de maio de 2022

A Inquilina de Wildfell Hall - Anne Brontë


 Tema: O livro com a capa mais bonita da sua estante (não lido)

Mês: Maio

Título: A Inquilina de Wildfell Hall

Autor do livro: Anne Brontë

Editora: Pedra Azul

Nº de páginas: 368

Quando vi a capa do livro, o que mais chamou a minha atenção foi...

A dama, vestida com traje de época.

O livro é sobre...

Uma misteriosa moradora do vilarejo de Wildfell Hall. 

Eu escolhi esse livro porque...

Faz parte do desafio que estou participando este ano.

A leitura foi...

Foi boa, porém com muitos detalhes, que cansou um pouco a leitura.

O trecho do livro que merece destaque:

“Eu apenas olhei na direção da porta, com um leve movimento da cabeça e voltei minha atenção para o livro. Ele saiu imediatamente. Foi melhor do que se eu tivesse respondido com mais palavras e no espírito emotivo que meu primeiro impulso teria gerado. Que coisa boa é poder controlar o próprio temperamento! Devo trabalhar para cultivar essa qualidade inestimável: só Deus sabe com que frequência precisarei dela nesse caminho árduo e sombrio que tenho pela frente.” – pág. 238.

“Ele não disse nada; apenas virou seu cavalo e estendeu-me a mão. Olhei para o seu rosto, e vi uma expressão de verdadeira agonia de alma, que independente de ser decepção amarga, ou orgulho ferido, ou amor hesitante, ou raiva ardente a mais proeminente, não hesitei em apertar sua mão tão sinceramente quanto se me despedisse de um amigo. Ele apertou minha mão com muita força, e imediatamente esporeou seu cavalo e galopou para longe. Pouquíssimo tempo depois, fiquei sabendo que ele havia ido para Paris, onde ainda está; e quanto mais tempo ele ficar por lá, melhor para mim.” – pág. 253.

A nota que eu dou para o livro:

4 – Gostei bastante

Sobre a autora: Irmã caçula de Charlotte Brontë (Jane Eyre) e de Emily Brontë (O Morro dos Ventos Uivantes), a romancista Anne Brontë é mais conhecida como a Brontë esquecida. Seu formidável romance, A Inquilina de Wildfell Hall, gerou polêmica pela ousadia de criticar a sociedade inglesa, principalmente os homens e seus costumes, o que a levou ao ostracismo literário. Além deste que teve adaptação cinematográfica pela BBC de Londres, é dela também Agnes Grey. Na vida pessoal, tinha uma vida pacata e solitária em Yorkshire, e trabalhou como preceptora dos garotos Robinson’s, cuja senhora Robinson foi a mulher pela qual seu irmão Branwell, se apaixonou perdidamente. Nesta família ela tirou grande parte do enredo de A Inquilina de Wildfell Hall.

Misses Universo com Reinado mais Longo

 



Olá queridos amigos e amigas, tudo bem com vocês? Hoje vamos relembrar as Misses Universo com Reinado mais longo. São elas:
- Leila Lopes, Miss Angola, eleita Miss Universo 2011. Reinou por 15 meses e 7 dias;
- Maria Gabriela Isler, Miss Venezuela, eleita Miss Universo 2013. Reinou por 14 meses e 16 dias;
- Zozibini Tunzi, Miss África do Sul, eleita Miss Universo 2019. Reinou por 17 meses e 8 dias.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...